Sábado, 10 de Fevereiro de 2018

Estrela cadente

Era tarde e estava frio, talvez fosse inverno, num final de dia.

As lágrimas escorriam-lhe pelas suas rosadas bochechas. A paixão deixara-a ali assim livre e despida de um compromisso que assumira. Fora obrigada a ficar-se por ali. O vazio, a perda acompanhara-a durante anos. Tornou-se tão fria que mesmo no verão as suas mãos não aqueciam, perdera o seu coração e nunca mais foi a mesma. Esquecera-se que fora em tempos a miúda mais divertida do seu grupo de amigos, no seu trabalho esperavam-na os colegas ansiosos para que ela chegasse e trouxesse a luz. Mudou. Perdeu o coração. Deixou-se ir naquele corrente que ele sempre ultrapassou. Era tarde e estava frio, os seus olhos brilhavam. O João, o seu melhor amigo desde sempre, chegara atrasado. Abraçou-a e suavemente perguntou:

 

-Laura, o céu é escuro durante a noite, mas de manhã ganha luz e permite-nos viver. Imagina se o sol nunca aparecesse?

 

 

Laura olhou para o céu, inspirou profundamente. Uma Estrela Cadente apareceu.

 


Autor: usesomebody às 23:19
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Quarta-feira, 2 de Março de 2016

Batalhas interiores.

Preciso de um ponto final em nós. Preciso de parar de pensar que isto dá, parar de sentir. Mas tu depois apareces com esse sorrisinho e eu esqueço-me do ponto, acrescento uma virgula, sinto-me completa e avanço, avanço com um sorriso também porque é assim que me sinto depois de colocar mais um pouco de nós em mim. e esta palavra nós que tanta vez tentamos não utilizar mas que nos persegue sempre que nos esquecemos do ponto. confesso-te que há dias que me fazes sentir horrível, são aqueles dias em que tu não estás. depois há os outros dias que me fazes a melhor do mundo e são os dias que por mais tarde que venhas eu fico sempre a esforçar-me por nao adormecer, para poder ser a última pessoa que te beija. e o melhor é que sempre que o sol me acorda eu consigo também ser a primeira pessoa que te beija e que te acorda da melhor maneira de todas. e cada vez que encosto a cabeça no teu peito sinto-me uma pequena formiga num mundo de humanos que apesar de não parecer está confortável e feliz. agora só me faltas ainda quando eu estou triste e preciso de ti aqui, mais uma vez faltas-me...


Autor: usesomebody às 21:02
link do post | Argumentar sobre o que li | Ver argumentos (1) | Gosto disto
Sábado, 11 de Abril de 2015

fizeste-me uma única promessa

    Houve uma altura que eu pensei que iria ter tempo para esperar por ti. Fiz até essa promessa e se revirares todos esses papéis da tua mesa desarrumada irás encontrar isso escrito e como sempre assinado por mim. Pois bem, passou um tempo e essa promessa durante meses não saiu da minha cabeça, tu melhor que todos os outros sabes que sou paciente, que sei esperar, talvez eternamente… Agora acordei com o sonho de me sentir em casa, de ter uma casa e não querer esperar mais por ninguém. Sabes, ontem aprendi que não posso esperar nada de ninguém, que sou eu que tenho que caminhar, nem tu nem ninguém caminha por mim. Eu esperei, tu sabes, eu esperei dias meses e talvez até anos. Esperava que o teu “nós não podemos” se transformasse em “vamos ficar juntos para sempre”. Em anos, fizeste-me uma única promessa. Prometeste que um dia íamos ser os melhores pais do mundo. Talvez a tenhas feito porque conheces a minha alma como ninguém, tens o poder de se quiseres ler os meus pensamentos, tens a capacidade de me fazer voar, tu e mais ninguém. Mas hoje, depois de ontem sonhei que queria ser eu, queria não prometer mais nada, hoje deixei de esperar…


Autor: usesomebody às 23:00
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Quinta-feira, 9 de Abril de 2015

e se eu pudesse talvez ficasse com ele pelo resto da minha vida.

Hoje escrevo sentada no sítio que para mim tem tido muito significado nos últimos 4 meses. Estou tranquila e devo confessar que fazia muito tempo que não estava assim tão tranquila. Ele saiu bem cedo, eu continuei a dormir e a sonhar com aquele último beijinho que me deu antes de ir trabalhar. Sei de todo que ele nunca será o homem da minha vida, eu sei. Sou demasiado enérgica para um homem como este. Sou demasiado despreocupada pela vida para uma pessoa que vive preocupada com a vida. E talvez isto seja só mais um dos meus sonhos ou apenas um flash da vida…

E ele não imagina as horas que eu perco do meu sono a olhá-lo, a imaginar como seria bom tê-lo todos os dias a dormir ao meu lado. Ainda ontem lhe disse que talvez já não conseguisse viver sem ele. E ele mostrou aquele sorriso tímido de quem não saber o que vai dizer. E perdoem-me todos os outros homens da minha vida, mas porra ele tem o melhor sorriso do mundo! Eu até me esforço por cozinhar, coisa que nunca soube fazer, mas por ele apetece-me desafiar-me a mim mesma a fazer coisas que antes nunca fiz por mais nenhum homem.

Hoje de manhã quando saiu, a cama ficou mais vazia, mas apesar de ele não estar cá, deixou o seu perfume por toda a casa, isso fez-me dormir mais algumas horas a pensar que ele estaria aqui mesmo ao meu lado.

E amanhã tudo pode estar errado, mas ele é um verdadeiro príncipe, é o melhor homem que conheci em toda a minha vida e se eu pudesse talvez ficasse com ele pelo resto da minha vida.

 

Laura Andrade


Autor: usesomebody às 14:00
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Domingo, 29 de Março de 2015

Desafio 7 de 7

Fui desafiada pelo Blog Lazy Lover Undercover a responder a algumas questões. Acho que lá no fundo não me safei muito mal. Aqui vai:

 

7 Coisas a Fazer Antes de Morrer

- Volta ao mundo;

- Missão Humanitária;

- Ter filhos;

- Cumprir as promessas que faço;

- Concluir a licenciatura;

- Fazer algo que mude alguma coisa no mundo;

- Encontrar um amor para toda a vida.

 

7 Coisas Que Mais Digo

- Fodasse;

- Tem calma;

- Tipo;

- Como?;

- Tenho saudades;

- Então?;

- Amanhã faço isso.

 

7 Coisas que faço bem

- Dormir;

- Ajudar pessoas;

- Baba de Camelo;

- Parecer feliz;

- Cuidar de crianças;

- Escrever;

- Ignorar.

 

7 Coisas Que Não Faço Bem

- Cozinhar;

- Ser decisiva;

- Resolver os meus problemas;

- Ouvir os outros;

- Estar calada durante muito tempo;

- Correr;

- Criticar.

 

7 Coisas Que Me Encantam

- Música;

- Ler e esrever;

- Pessoas que visitam os meus blogs;

- Trabalho em equipa;

- Capacidade das pessoas de admitir erros e pedir desculpas;

- Crianças;

- Praia.

 

7 Coisas Que Eu Amo

- Eu;

- Ser surpreendida;

- Viagens;

- Poder fazer o que gosto;

- Ser feliz;

- Bombeiros;

- Sonhar que um dia vou poder criar uma familía.

 

7 Coisas Que Eu Não Gosto

- Atum;

- Bróculos;

- Mentira;

- Não ter nada para fazer;

- Frio;

- Adormecer sozinha;

- Curtes.

 

7 Blogs Que Eu Indico

Pingos de Chuva

Cantinho da Bruna

Repórter de Saltos Altos

The Girl of The Dreams

Violet Juliettte

Invisible M Diary

Diário de Um Bombeiro


Autor: usesomebody às 18:00
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Quarta-feira, 18 de Março de 2015

Acerca das duplicidades da vida.

São quilómetros que as separam, creio que elas nunca se conheceram e talvez nunca se iram ver. Eu sou apenas uma pessoa e elas são duas pessoas. Tenho sempre que me dividir para que nenhuma dê pela minha falta. Quando aqui estou sou de uma, quando volto para lá, é a outra que me derrete por completo. Mas eu não sei se posso continuar assim. Uma dá-me a liberdade que sempre tanto quis, deixa-me livre como um pássaro que sempre quer voltar ao seu ninho. A outra aprisiona-me e nem respirar me deixa mas lá no fundo isso dá-me uma certa excitação. Quero as duas e ao mesmo tempo. Enquanto uma dorme sobre o meu braço, respondo às dezenas de sms da outra. E elas nem imaginam que são duas a pedir-me promessas, a pedir-me o infinito quando eu apenas lhes posso dar o presente. Elas não imaginam e eu não quero que imaginem, pois isso iria fazer perder-me tudo o que de bom uma delas me dá. E eu não consigo escolher. Uma é meiga, sincera, indiscutivelmente talvez seja a mulher da minha vida, sei que está apaixonada por mim. A outra é rainha, arrasa-me por completo, foi uma das relações que tive. Não lhes posso cumprir promessas, não lhes posso dar o amor que elas tanto querem. Não lhes posso ser sincero.

 

Elas não sabem e eu não quero saber…

 

Use somebody


Autor: usesomebody às 17:30
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto

Seis da manhã!

Não posso dizer que te amo porque tu só me ligas à sexta-feira. E a sexta-feira é o meu dia de descanso de todas as coisas que me atrapalham a vida. Quando me quiseres ligar á Quinta-feira avisa-me na Quarta-feira para que possa me preparar para ouvir a tua voz.

Ontem parei e tive que te ligar, eu sei que era terça-feira, mas eu não aguentei acordar e não te ver ao meu lado. Ansiei pelo sábado, pelos teus braços a segurarem-me, suspirei pelos teus deliciosos beijos a sugarem pelos meus lábios. Odeio o Domingo porque depois vem a Segunda-feira e tu só me ligas na Sexta...

Na terça vou ter ao teu trabalho e vou mostrar-te que posso mover o mundo para mostrar que te amo, mas isso eu ainda não te posso dizer, não posso dizer que te amo, porque ainda é cedo demais.

 

É muito cedo, e eu não me quero magoar assim tão cedo. Preciso primeiro que passem semanas e eu ganhe forças para poder dizer-te.

 

 

Laura Andrade


Autor: usesomebody às 15:00
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Domingo, 8 de Março de 2015

Inversos Atravessados

Hoje sou mundo, sou pessoa, sou sentimento. A certeza tardou em chegar. Resolver aparecer a duvida todo o tempo. Eu creio que apesar do tempo vamos nos quedar aqui. Tive a certeza no dia em que desisti. O mundo desabou, um buraco ruiu inecessantemente escondendo tudo o que havia nas redondezas. Eu caminho a largos passos, não para te encontrar, mas para fugir. E eu afasto e aproximo, quero e não quero. E isto tarda em decidir, talvez em aparecer e acabas por perder. Não percas tempo, vem aqui.


Autor: usesomebody às 23:27
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Domingo, 8 de Fevereiro de 2015

Trevo!

Era domingo de manhã. Lembrei-me de levantar e abrir a caixa que eu tanto estimo e que mais ninguém pode mexer. Lembrei-me disto porque passei a noite toda com pesadelos, acordei imensas vezes e aquele mau pressentimento não me deixa. Espero que as taquicardias não tenham voltado (o médico deixou bem claro que não posso deixar que isto volte a acontecer)… É Domingo, são umas 9h. Eu devia de estar a dormir. Sentei-me aqui no chão do quarto, coloquei o telemóvel a tocar uma das músicas da minha vida e ansiei que tu me ligasses. Acabei por ser eu a mandar a primeira mensagem do dia, a tua resposta foi imediata e deixou-me novamente com a lágrima no canto do olho. Eu tenho tantas saudades tuas que hoje mesmo me passou pela cabeça meter-me num avião e aparecer aí. Já foram mais de mil as noites em que desejei que te deitasses ao meu lado e fora tudo em vão, tu nunca apareceras. A tua frase preferida sempre foi “amanhã é outro dia e nós vemos depois como é que ficamos”. E foram tantos anos a ouvi-la. Foram tantas horas a desesperar que o amanhã nos resolvesse. Hoje senti mais uns biliões de saudades. Escuta bem meu amor, elas são infinitas.

Vem-me buscar.

Ensina-me que nós nunca fomos uma questão de sorte.

Eu sei que amanhã é outro dia mas a felicidade é hoje.

 

Laura


Autor: usesomebody às 09:55
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto
Sábado, 31 de Janeiro de 2015

É sábado!

 


Autor: usesomebody às 21:45
link do post | Argumentar sobre o que li | Gosto disto

Contador de visitas

Textos e Imagens

Os textos que aqui apresento são todos escritos por mim. Os que não forem, serão devidamente identificados com o nome dos seus autores. As fotografias de minha autoria estão identificadas como tal, bem como as de outros autores. As fotografias sem qualquer referência ao seu autor, foram retiradas da net. Desconhecendo os autores das mesmas, esclareço que respeito toda e qualquer propriedade intelectual.

A Blogger...

Pesquisar

 

Posts recentes

Estrela cadente

Batalhas interiores.

fizeste-me uma única prom...

e se eu pudesse talvez fi...

Desafio 7 de 7

Acerca das duplicidades d...

Seis da manhã!

Inversos Atravessados

Trevo!

É sábado!

Lembranças

tags

todas as tags

Participar

Participar no Blog